São João da Pesqueira, Várzea e Trevões (Portugal)

Este post é especial. Na verdade, tem um cunho mais pessoal do que qualquer outro testemunho turístico que eu já tenha escrito para o blog. Trata-se de um relato sobre minha origem familiar materna, sobre a Terra onde meus bisavós viveram (famílias "Costa" e "De Jesus"). Onde minha avó (Maria Augusta Costa 1919-1992) nasceu e viveu até os dois anos. Região de onde, certamente, devo ter ainda muitos parentes de sangue e antigas raízes. 

Centro de São João da Pesqueira

Centro de São João da Pesqueira



Foi incrível estar em Várzea, Trevões e S.J.Pesqueira. Freguesias de Portugal pouco conhecidas dos brasileiros da minha cidade (Santos). Estive no local, me encantei e viajei no tempo... Imaginei como deve ter sido dura a vida da nossa gente que veio dessas aldeias. Pude imaginar a grande dificuldade que esses antepassados tiveram para chegar até o Brasil.


Estrada entre Pinhão e S.J.Pesqueira


Aldeia de Pedra em Várzea de Trevões (minha origem)

Em 2011 Várzea de Trevões tinha apenas 174 habitantes. Visitar o local é uma verdadeira viagem no tempo. Casinhas de pedra com uma única porta e uma pequena janela. Sem luxo ou conforto. Pensei até que fossem uma Aldeia de Xisto. Mas não! São apenas casas de pedras empilhadas e com encaixes firmes. Tanto as casas, quanto os baixos muros, usam a mesma técnica de edificação. Hoje em dia essas casas são usadas para arrumos agrícolas. Deve ser duro o frio de quando chega o "primeiro nevão" do ano. No fundo de quase todas as casas existem grandes quintais com solo pedregoso, onde se plantam quase que exclusivamente oliveiras. Nunca tinha visto uma oliveira de perto. Acredito que essas árvores devem ser fonte de renda para toda essa brava gente.  Observei pouca gente andando pelas ruas. 

Várzea de Trevões e suas Oliveiras

 
Ruas estreitas de Várzea



São João da Pesqueira é do ano de 1055 e hoje tem cerca de 10 mil habitantes. É o mais antigo "concelho" de Portugal e pertence ao distrito de Viseu. Pesqueira, Várzea e Trevões ficam no coração da Região Demarcada do Douro Vinhateiro.  Além da Pesqueira ser o maior produtor de Vinho do Porto, também produz azeite e amêndoas. Um lugar pequeno, lindo, bastante montanhoso e com uma riqueza histórica maravilhosa.

Cruzeiro de Várzea de Trevões


Estrada entre São João da Pesqueira à Várzea de Trevões 

A região tem fácil acesso de carro. As estradas da região, embora sejam em pistas de mão dupla em boa parte do trajeto, estão em excelentes condições de rodagem. Partindo do Porto consegue-se chegar dirigindo à Pesqueira em pouco mais de duas horas de carro (158 km). Siga o caminho pela A4 e N22 (veja mapa). Para quem vem de Coimbra são apenas 194 km pela IP3 e A31 (mapa). Se você vem de Braga vai rodar 167 km pela A4 (mapa).

Plantações de oliveiras e vindimas ao longo das estradas. 

Sair de uma região tão montanhosa, distante e isolada, os torna verdadeiros heróis. Deve ter sido muito duro deixar o Alto Douro, passar pelo centro do país, Porto e Lisboa, até chegar ao Brasil em busca de novas esperanças (1921), Acredito, que boa parte desse trajeto tenha sido feito em lombo de burros, balsas/barcos improvisados ou até mesmo caminhando por dias a fio, já que a época era de esperança em uma nova Terra aos que partiam da Europa. Felizmente eles venceram. Somos todos provas vivas disso...

Trevões vista da estrada


Trevões, do ano de 1159, freguesia de São João da Pesqueira, Viseu, com  540 habitantes (2011). É também uma aldeia vinhateira do Douro. É uma das três localidades onde acredito ter ascendentes. Considero que o lugar seja apenas um que envolve Pesqueira, Trevões e Várzea. Afinal, é tudo muito pertinho. As distâncias entre as cidades não ultrapassam os 8 km (veja mapa).


Trevões e suas ladeiras e casarios

Igreja paroquial de Trevões. 



A atual construção da Igreja Matriz de Santa Marinha de Trevões é do século XVIII. Nela existem vestígios da construção original desde o século XII.  O edifício se encontra em excelente estado de conservação. A sineira foi construída pelo bispo D. Manuel de Vasconcelos Pereira, em 1775.  Na parede traseira do retábulo-mor foram recentemente descobertos dois painéis de pinturas a fresco, datadas do século XVI. A igreja está classificada como Monumento Nacional de Portugal desde 1921.

Temperatura anual em São João da Pesqueira

Dicas Importantes
Como chegar em São João da Pesqueira
Distâncias: S.J. da PesqueiraVárzea e Trevões (mapa)
Enoturismo e o Mapa dos Vinhos da Região
Facebook S.J.Pesquera e Várzea de Trevões
Facebook Largo do Adro
Facebook São João da Pesqueira
Facebook Várzea de Trevões
Fotos e Paisagens do Douro
Informações Turísticas em São João da Pesqueira (e-mail)
Igreja Matriz de Santa Marinha de Trevões
Largo do Adro (imagens)
Miradouro Senhora de Lurdes (imagens)
Miradouro de São Salvador do Mundo (imagens)
Onde Comer: (link)
Pertinho de Trás os Montes.
Prefeitura de São João da Pesqueira
Região Demarcada do Douro Vinhateiro
São João da Pesqueira (imagens)
Solar do Paço Episcopal de Trevões
Solar dos Melos
Trevões 
Várzea de Trevões (imagens)

Beba água e use um calçado confortável (terreno irregular)
Queria ter visto O Douro na Pesqueira
Data da Viagem: Junho de 2012
Cidade de Origem: Pinhão
Cidade de Destino: Braga
Meio de Transporte: Automóvel

São João da Pesqueira no Mapa:


Vídeo no youtube Pesqueira (Ferradosa):

Vídeo no youtube Ferradosa e São Xisto (Pesqueira)

Espero ter ajudado.

2 comentários: